Após sair da Record, Xuxa anuncia sua volta ao Grupo Globo: “Eu sou cria da Globo”

Recentemente a Rainha dos Baixinhos deixou a Emissora Record e logo anunciou sua volta para o Grupo Globo, que já era especulada pelos fãs.

“Eu sou cria da Globo. Nasci na Manchete, mas sou cria da Globo”, falou a apresentadora.

“Tem um seriado maravilhoso surgindo aí”, anunciou Xuxa. Um dia após sua saída da Rede Record. Ao que tudo indica, ela vai fazer parte de um projeto no formato documental para a plataforma de streaming Globoplay. A novidade foi contada na entrevista com o jornalista Luis Erlanger, feita no Instagram.

Saindo da Record, Xuxa anuncia volta para o Grupo Globo

“O Schroder [Carlos Henrique, ex-diretor-executivo de Criação e Produção de Conteúdo] chegou a conversar comigo uma coisa parecida. Mas não era para deixar isso para fazer aquilo. Mas, sim, fazer isso [atuar] também”, começou.

“Mas sou tanto atriz como sou cantora. Só vendo disco, mas não canto (risos). [Atuar] Não é minha praia. Não é uma coisa que sei fazer. Não é. Eu vou ter que aprender muito porque quero fazer um seriado agora. Quero fazer isso. Tem um seriado maravilhoso surgindo aí a possibilidade. Quero realmente dar o meu melhor e aprender com isso”, entregou.

Ao falar sobre sua saída da Globo, Xuxa contou que se sentiu abandonada pela antiga emissora, o que não ocorreu em sua despedida recente da Record. “Quando eu saí [da Globo], me senti bastante órfã porque fui muito mimada na Globo. Esse mimo começou a diminuir. Quando eu saí, foi tipo: ‘Você não tem mais nada disso aqui. Esquece a história que você tem aqui’. Isso foi chocante”, fez desabafo.

“[Na Record] Toda hora, os diretores, os presidentes, os caras da alta cúpula chegavam para mim e falavam: ‘Você está feliz? Porque se você não estiver feliz, a gente não quer você aqui. Você está feliz?’. Agora em dezembro, eu saí da Record e fui lá me despedir do Marcelo Silva [vice-presidente Artístico e de Programação da Record]”, contou.

“Fui lá e falei para ele: ‘Gratidão pelo que eu vivi aqui. Pela possibilidade de ter aprendido e vivido tudo aqui’. E saí com uma porta que não se trancou, porque achei que a porta da Globo tinha se trancado para mim. E hoje vejo as pessoas na Globo falando com carinho de mim. Na realidade, não é de mim, é da minha história. Porque negar quem eu sou, é negar o que eles fizeram. Porque a minha história foi feita lá [na Globo]”, completou.

Fonte: Catraca Livre