Faculdade atende pedido da mãe e filha deficiente visual recebe diploma em braille

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 4

Na última sexta-feira, a aluna Taís Machado Araújo concluiu o curso de Estética, aos 25 anos. Normal, né? Porém, ficou marcado com uma surpresa que emocionou a todos no Centro Universitário IBMR, campus Catete, na cidade do Rio de Janeiro.

Publicidade

A aluna, deficiente visual, recebeu o diploma em braille.

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 2

O gesto foi um pedido especial de sua mãe, Meg Machado, que sempre acompanhou de perto a trajetória de sua filha no Ensino Superior ao longo dos 3 anos de curso. Mas, até o momento, ela não sabia se o seu pedido havia sido atendido. E, para sua surpresa: o documento havia sido providenciado!

<
Publicidade

De acordo com o Instituto Benjamin Constant (IBC), Taís deve ser a primeira aluna de Instituições de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro a receber o diploma em braille, no momento da colação de grau, cujo direito é Lei Estadual desde setembro de 2019.

“Esse é o primeiro caso de diploma impresso em braile do qual tomamos conhecimento no Rio de Janeiro”, afirma João Ricardo Melo Figueiredo, diretor-geral da instituição ligada ao MEC.

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 3

Créditos

Publicidade