Outra empresa de festa cancela formatura de medicina no valor de R$ 3 mi

Uma formatura para 123 formandos de medicina da Unicesumar orçado em mais de R$ 3 milhões foi cancelado a 12 horas de acontecer em Maringá

Publicidade

Um vídeo compartilhado na internet mostra o momento em que os formandos de medicina participariam do evento e ficaram revoltados com a noticia, um homem identificado como o direto da Brave empresa responsável pela festa, é chamado de “estelionatário” e “pilanta”

Veja o momento:

<
Publicidade

A situação só foi contornada com a ajuda do Policial Militar do Paraná e a formação de uma força-tarefa de fornecedor locais para realização da confraternização.

Com a situação, cerca de 80 alunos desistiram da festa e outros 40 decidiram arcar com os custos do evento, que havia sido marcado para as 22h de sábado (21)

Publicidade

Cada formando pagou R$ 25 mil pela festa:

A estimativa dos envolvidos é que cada um dos 123 tenha pago aproximadamente R$ 25 mil ao longo de seis anos para financiar o baile. Na última quinta (19), o jantar de comemoração da turma chegou a acontecer – mas foi marcado por problemas, já que os fornecedores não haviam sido pagos.

“Além dessa turma, outras 50, de diferentes locais, tinham festas programadas com a Brave e agora não sabem se elas vão acontecer de fato ou não” afirma Nicholas Thomas, sócio da Euphoria, empresa de Maringá que participa do grupo de fornecedores que substituiu a firma catarinense na organização do evento

Em seu site a Brave informa que é “a maior empresa de formaturas de medicina do país” “Somos especialistas em realizar os maiores e melhores formaturas de medicina do Brasil”