Vovó de 103 anos vence o coronavírus e comemora da melhor forma: bebendo cerveja

Os responsáveis pela casa onde a dona Jennie vivia, já tinham até ligado para os parentes pedindo que fossem dar o último adeus. Mas, eles não imaginavam é que a vovó ainda não estava disposta a ir embora.

Publicidade

Jennie Stejna tem um motivo muito especial para comemorar, ela tem 103 anos, a polonesa que vive em uma casa de repouso em Massachusetts (EITA NOME DIFICIL DE FALAR) nos Estados Unidos, venceu a covid-19, doença que tem sido implacável com as pessoas que tem mais idade, mas felizmente ela venceu a doença e comemorou em grande estilo: Tomando cerveja!

A casa de repouso onde Jennie vive, já tem 33 idosos infectados pelo novo coronavírus, dentre os quais ela foi a primeira a testar positivo para a doença, a neta dela, Shelly Gunn, conta que a avó não entendeu muito bem do que se tratava a doença, mas se sentia bastante doente

<
Publicidade

De acordo com Shelly, a instituição onde a Jennie estava chegou a ligar para a Shelly pedindo para que fosse visitar a avó para se despedir. O que ninguém imaginava é que Jennie ainda não estava disposta a dizer adeus

Mesmo tendo sido fortemente abalada pela doença, a vó derrotou o coronavírus, contrariando todas as estátisticas

Um jornal local procurou a neta e ela falou com carinho sobre a vó: “Ela é uma ávida jogadora de bingo, gostava de ler e de fazer crochê até ter artrite”. Ainda segundo Shelly, a avó é “fã de esportes hardcore de Boston. Ela costumava sentar do lado de fora e ouvir os jogos do time de beisebol de Boston, o Red Sox, no rádio”.

Publicidade

Jennie foi casada por 54 anos com Teddy, que faleceu aos 82 anos. Ela tem dois filhos, três netos, quatro bisnetos e três tataranetos. Aos 103 anos de idade muito bem vividos, continua fazendo planos para o futuro. Ela alimenta o desejo de ver um jogo novamente. Alguém duvida que ela vai conseguir realizar esse sonho? pois eu não duvido.

Fonte: Hypeness